Logo
0
0
0
s2smodern

Letra e música: Casimiro Vidal Nogueira


01 - Eu ordenei os céus e a terra em meio às águas,
Formei a luz, com a diversidade astral. 
Enchi de seres vivos ares, terra e águas
Os confiei à minha obra principal. 

Eis que te fiz à minha imagem e semelhança
E confiei em tuas mãos a criação
Pra cultivares, guardares com consciência,
Não pra deixares sem sustento o teu irmão.  

02 - Moldei pra ti um paraíso verde e puro, Com rios, matas, lagos, campos, pantanais, Caatingas, mangues, pampas, brejos e cerrados, E povoei com toda a espécie de animais.  

03 - A terra geme e sofre as dores de um parto, Os ares sofrem com tamanha poluição. A água luta pra chegar ao seu destino. O que tens feito em defesa do irmão? 

04 - Eu quero o verde entoando salmos pela vida, Sem a fumaça de queimadas pelo ar, Cantarolando, a água, siga o seu curso, Gerando vida pela terra onde passar. 

05 - Quando, enfim, a criação em grande festa, Agradecida, o seu louvor me entoar Não mais clamores, mas louvores, ó meu povo, Quero ouvir brados de alegria, sem cessar. 

06 - Então, verei a humanidade redimida, Nações e raças, povos, credos, um só louvor. Nas diferenças, tolerantes, convivendo. Não é utopia e nem sonho, é meu amor! 

 

Sobre a melodia dessa música: Somente adquirindo o CD da Campanha da Fraternidade 2017