Logo
0
0
0
s2smodern

O Santuário Nacional já iniciou os preparativos para a festa da Rainha e Padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida, que acontece em outubro.

No final de dezembro, a Comissão Pastoraldo Santuário já trabalhava as reflexões para o tema da festa.

O tema definido foi ‘Senhora Aparecida reflexo do coração materno de Deus’.

“Neste ano nós queremos refletir sobre o coração. Sabemos que o coração é o centro de todas as decisões, dentro do pensamento bíblico. Também sabemos que o coração é repleto de vários sentimentos. Quando olhamos para o coração de Maria, vemos que Ela alimenta o sentimento de paz, amor e carinho para com todos”, explicou o prefeito de Igreja, padre Rodrigo Arnoso.

O sacerdote informou que em 2009 a comissão organizadora já havia estabelecido uma trilogia para o tema da Festa Padroeira.

No referido ano, o tema foi ‘Pelas mãos da Senhora Aparecida encontramos Jesus’. No ano passado a novena meditou os olhares de Maria, inspirada pelo tema ‘Sob o olhar da Senhora Aparecida caminhamos com Jesus’.

Segundo padre Rodrigo, a trilogia foi o caminho escolhido para meditar sobre cada gesto de Maria.

“Maria é a primeira discípula de Jesus Cristo, então tem muito a nos ensinar. Olhando para os seus gestos e atitudes, podemos aprender como viver a fé cristã”, disse padre Rodrigo.

Foto: Erasmo Ballot
Fonte: Santuário Nacional

Mais Informações sobre a Novena, Cantos, Partituras e Cifras, Clique Aqui!

1º Dia: O coração de Maria dedicado ao amor
‘Maria nos ensinando aquilo que Jesus nos ensinou através do mandamento novo. A prática do amor, “amai-vos uns aos outros”, este é o grande mandamento. E o grande mandamento que brota na noite santa, em que Jesus se faz alimento. Na noite que Jesus se oferta como Pão, e não qualquer Pão, mas um Pão de vida eterna. Então Maria vai nos ensinar no primeiro dia como viver esta dimensão da prática do amor, porque o amor nos identifica como cristãos’.

2º Dia: Coração de Maria transbordante de paz
‘Transbordante de paz porque Ela é a Rainha da Paz. Ela trouxe para todos nós Aquele que é o Rei da Paz. Aquele que vem para trazer um novo tempo e semear entre nós a justiça, a fraternidade e a caridade. Por isso Ela é portadora de paz e nos ensina como viver e concretizar a paz entre nós’.

3º Dia: Coração de Maria solidário e servidor
‘Maria, quando foi convidada para ser a Mãe do Salvador, Ela não fraquejou, Ela disse sim, Ela acreditou na graça de Deus. Ela se deixou tocar pela graça divina, fazendo-se toda de Deus. E ao fazer-se toda de Deus, Maria parte e vai ao encontro de sua prima Isabel para servi-la, aquela que estava concebendo na velhice. Mostrando para nós que Ela é no seio da Igreja, sinal de serviço. Serviço este que podemos imitar porque Ela não serve a si mesma, mas serve a Deus para que Cristo venha ao nosso encontro’.

4º Dia: O coração de Maria consolador dos aflitos
‘Esta consoladora dos aflitos nós podemos contemplar no Santuário de Aparecida. Quantos peregrinos que passam aos pés de Nossa Senhora Aparecida pedindo amparo, pedindo ajuda, pedindo à Mãe que olhe por suas necessidades. Por isso Ela é a Mãe dos aflitos. É a Mãe de todos aqueles e aquelas que a Ela correm com o coração humilde’.

5º Dia: O coração de Maria acolhedor da Palavra
‘Maria que acolhe a Palavra. Em primeiro lugar a Palavra viva do Pai, que é o Próprio Cristo, e esta Palavra da qual Ela dá testemunhos através de seus gestos e atitudes, participando da vida do Cristo quando esteve entre nós e participando também dos primeiros momentos da vida das primeiras comunidades cristãs, que receberam a missão de serem testemunhas vivas do Cristo Ressucitado’.

6º Dia: Coração de Maria educador da Fé
‘Maria educou Jesus, fazendo parte do processo educacional do Cristo. Por isso Ela é para nós uma grande Educadora porque Ela também nos educa na Fé, como nas Bodas de Caná, Ela vai nos dizer sempre: “Fazei tudo o que Ele vos pedir”. E fazer o que o Cristo nos pede é fazer a vontade do Pai. Maria soube fazer a vontade do Pai, por isso Ela tem toda autoridade para nos ensinar também como fazer, como cumprir a vontade de Deus em nossas vidas’.

7º Dia: O coração de Maria proclamador da misericórdia
‘Maria é Aquela que primeiro experimentou a misericórdia do Pai, porque em Cristo nós podemos contemplar o rosto misericordioso de Deus. E Ela concebendo Jesus teve a oportunidade de ser a portadora da misericórdia de Deus. E Maria não foi egoísta e soube oferecer esta misericórdia do Pai a todas as pessoas. Por isso Ela pode nos ensinar a viver e proclamar a misericórdia de Deus, não só com palavras, mas, sobretudo com gestos e atitudes na prática do perdão diário. Quanta necessidade nós temos de viver esta prática do perdão em nossa sociedade para que todas as situações de violência sejam superadas’.

8º Dia: Coração de Maria inspirador da missão
‘Maria quando Jesus morreu, aos pés da cruz Ele a entregou para toda Igreja como Mãe. E Ela assumiu com muito empenho e zelo esta missão de ser Mãe da Igreja. Tanto é que quando o Espírito de Deus veio sobre os primeiros cristãos, lá estava também a Mãe de Jesus, como vai nos dizer o Ato dos Apóstolos. Estava lá Maria testemunhando com as primeiras comunidades que Jesus Cristo não estava morto, mas Ele estava Vivo, e cheios do Espírito Santo a comunidade era convidada a proclamar esta verdade a todas as pessoas’.

9º Dia: Coração de Maria gerador da vida
‘Maria que gerou a vida em abundância, que é Jesus Cristo, nos ensina a promover a vida, a gerar a vida entre nós e defender a vida do seu princípio até o seu fim.
Neste dia também, vamos voltar ao tema geral da Novena: “Senhora Aparecida reflexo do coração materno de Deus”. Ela é reflexo do coração de Deus porque Ela se fez toda de Deus e Ele encontrou em Maria um lugar seguro para vir ao encontro da humanidade. E isto é para nós uma verdade que devemos proclamar e anunciar a todas as pessoas dentro da Fé Cristã. Não seguimos Maria, mas vemos Nela um testemunho concreto, vivo e autêntico de como viver a prática do amor a Pessoa de Nosso Senhor Jesus Cristo que nos conduz ao Pai’.
0
0
0
s2smodern

A Semana Santa é o período mais próximo da Páscoa do Senhor. É uma semana de intensas celebrações e espiritualidade. É fundamental lembrar que a Vigília Pascal constitui o núcleo central de toda a Semana Santa. Vale ainda lembrar que o Tempo da Quaresma só termina na manhã de Quinta-feira Santa, quando é celebrada a Missa do Crisma.

A Semana Santa começa com o Domingo de Ramos e da Paixão do Senhor e termina na tarde do Domingo da Ressurreição. É um período curto, porém denso. Na vespertina da quinta-feira santa dá-se início ao Tríduo Pascal com a Missa da Ceia do Senhor. Na Sexta-feira Santa a Igreja celebra o Mistério da Morte de Jesus. Neste dia não há celebração eucarística. No Sábado Santo, celebramos a permanência do Senhor no Sepulcro. Neste dia apenas é permitido a Liturgia das Horas.

A Igreja está em luto. Na noite de sábado celebra-se a Vigília Pascal. Ela é o ponto máximo de todo o Ano Litúrgico. É a mãe de todas as vigílias. Nesta noite celebramos não somente a Páscoa do Senhor, mas também a páscoa dos cristãos. Fundamentalmente, celebramos a vida renovada em Cristo Ressuscitado. Os diversos ritos desta celebração fazem a vida divina penetrar na vida da comunidade celebrante.

Fonte: Arquidiocese da Paraíba

Aqui você encontra as Cifras, Letras e Cantos para a Semana Santa e Tríduo Pascal:

Domingo de Ramos

Tu és o Rei dos Reis (Entrada)
Quando Jesus se aproximou de Jerusalém
Hosana Hei (Entrada / Santo)
Hosana ao Filho de Davi
Viva o Nosso Rei
Meu Deus porque me abandonastes (Salmo 21)
Salve ó Cristo Obediente (Aclamação)
Bendito Sejais (Ofertório)
Eu vim para que todos tenham vida (Comunhão)

Quinta-Feira Santa                                

A Igreja se une para Celebrar (Entrada)
Nós nos gloriamos
Glória a Deus na Alturas, Glória Glória Aleluia
O Cálice por nós Abençoado (Salmo)
Novo Mandamento (Aclamação)
Jesus Erguendo-se da Ceia (Lava-Pés)
Bendito seja Deus (Ofertório)
Eu quis comer esta Ceia (Comunhão)
O Senhor me Chamou (Comunhão)
Em Tua Presença (Santíssimo)
Tão Sublime Sacaramento

Sexta-Feira Santa

Pai em tuas mãos (Salmo 30)
Salve ó Cristo obediente
Eis o lenho da Cruz
Fiel madeiro da santa Cruz
Lamento do Senhor
Prova de amor maior não há
Bendita e Louvada Seja
Vitória Tu reinarás

 

Vigília Pascal

Eis a Luz de Cristo
Ó noite de alegria verdadeira (Proc. da Páscoa)
Salmos
Glória a Deus nas Alturas, Glória Glória Aleluia
Ladainha de todos os Santos
És água viva
Bendito Sejas, ó rei da glória
Cristo, nossa Páscoa foi imolado
Por que ele vive
Ressuscitou, Aleluia

Domingo da Páscoa

Porque Ele vive
Ressuscitou, Aleluia
Vendo Jesus Aparecer
Antes da Morte e Ressureição
Senhor, venceste a morte
Ó morte onde está sua vitória?